Competência estratégica em uma organização do setor metal-mecânico

Gustavo MIORANZA, Paula Patricia GANZER, Renata MURARO, Pelayo Munhoz OLEA, Eric DORION
  • REBRAE - Revista Brasileira de Estrategia, January 2013, Pontificia Universidade Catolica do Parana - PUCPR
  • DOI: 10.7213/rebrae.7667

Competência estratégica em uma organização do setor metal-mecânico

What is it about?

O processo de estudo de competências é utilizado em áreas do conhecimento para analisar os resultados das organizações, de modo geral e de qualquer natureza, com vista a perceber e interpretar a realidade. A pesquisa teve por objetivo identificar como a gestão de competências pode contribuir para o desempenho organizacional. Quanto a natureza da pesquisa, classifica-se em qualitativa aplicada, a partir da revisão da literatura baseada em referências teóricas; a estratégia de abordagem utilizada foi o estudo de caso em uma indústria do setor metal mecânico, classificando a pesquisa como exploratória a partir de entrevistas em profundidade. A coleta de dados aconteceu por meio de entrevistas individuais em profundidade, adotando-se uma abordagem estruturada, com a aplicação de um roteiro básico de questões, desenvolvido a partir da literatura (JAVIDAN, 1998), aplicado aos colaboradores da empresa pesquisada. A análise dos dados ocorreu por meio de análise de conteúdo das entrevistas, observando-se a frequência de termos mais citados pelos entrevistados. A pesquisa assinala a importância das competências em entender e interpretar a vida profissional de cada indivíduo e o local em que este indivíduo está inserido. Em um comparativo das abordagens de competência, identificou-se a contribuição das experiências passadas, das inserções sociais, dos símbolos e significados dos momentos de dificuldade nas alterações ou consolidações das competências e sua gestão. Concluiu-se que haverá interferência no desempenho organizacional, a partir de seus elementos cognitivos, fatores emocionais, simbólicos e funcionais e da forma como os indivíduos interagem e aprendem entre si, das formas como suas competências se encontram configuradas. As competências envolvem o que cada indivíduo realiza, pois implicam no cumprimento de seus compromissos profissionais.

Read Publication

http://dx.doi.org/10.7213/rebrae.7667

The following have contributed to this page: Dr Pelayo Munhoz Olea, Dra. Paula Patricia Ganzer, and Dr Eric Charles Henri Dorion