PRÁTICAS DE GESTÃO E ESTRATÉGIAS PRESCRITIVAS: UM ESTUDO MULTICASOS

Oberdan Teles da Silva, Cassiane Chais, Adrieli Alves Pereira Radaelli, Paula Patrícia Ganzer, Maria Emilia Camargo, Pelayo Olea Munhoz Olea, Eric Charles Henri Dorion
  • Revista Gestão e Desenvolvimento, January 2018, Associacao Pro-Ensino Superior em Novo Hamburgo
  • DOI: 10.25112/rgd.v15i1.507

PRÁTICAS DE GESTÃO E ESTRATÉGIAS PRESCRITIVAS: UM ESTUDO MULTICASOS

What is it about?

A pesquisa apresentou como se desenvolve a conduta estratégica e o alinhamento das práticas de gestão com relação às estratégias prescritivas do setor moveleiro de Lagoa Vermelha. A abordagem utilizada foi qualitativa com técnica de casos múltiplos em três indústrias do setor. Utilizou-se roteiro de entrevista não estruturado, a partir de quadro conceitual das escolas prescritivas e descritivas da estratégia. Nas escolas prescritivas identificou-se que a formatação da conduta estratégica de custo formatado por meio de consultoria, outra desenvolve estratégia de custo e diferenciação valorizando elementos exógenos para a sua formatação tendo apoio de consultoria, a terceira possui estratégia de diferenciação sendo pró ativa desenvolvida de forma emergente considerando elementos exógenos e endógenos. Pode-se concluir que as práticas de gestão aumentam na medida em que as organizações desenvolvem estratégias de diferenciação.

Read Publication

http://dx.doi.org/10.25112/rgd.v15i1.507

The following have contributed to this page: Dr Pelayo Munhoz Olea, Dr Eric Charles Henri Dorion, and Dra. Paula Patricia Ganzer