EMPRESAS FAMILIARES: UM ESTUDO SOBRE SUCESSÃO E CONTINUIDADE

Elias Rubens Piccoli, Juliana Matte, Cassiane Chais, Paula Patricia Ganzer, Daniel Hank Miri, Pelayo Munhoz Olea
  • Revista Brasileira de Estudos Organizacionais, May 2019, Revista Brasileria de Estudos Organizacionais - RBEO
  • DOI: 10.21583/2447-4851.rbeo.2019.v6n1.152

EMPRESAS FAMILIARES: UM ESTUDO SOBRE SUCESSÃO E CONTINUIDADE

What is it about?

Este artigo teve como objetivo analisar qual é a expectativa de gestores e sucessores de duas empresas familiares com relação ao processo de sucessão e à continuidade do negócio na cidade de Caxias do Sul, Rio Grande do Sul. Para isso, a partir de uma abordagem qualitativa, foram realizadas entrevistas com gestores e sucessores de empresas familiares, posteriormente analisadas por meio da análise de conteúdo com o auxílio de software. Os resultados mostram que, embora para os sucessores será um desafio comandar a empresa da família, o preparo desde cedo e a vontade de dar continuidade ao negócio auxiliarão na obtenção dos resultados esperados pelos sucedidos. Verificou-se, ainda, que a sucessão vem sendo planejada com auxílio de consultores, mesmo se tratando de microempresas, e que empresas familiares acabam sendo descontinuadas por motivos como conflitos internos entre familiares, resistência por parte dos atuais gestores e desinteresse dos herdeiros.

Read Publication

http://dx.doi.org/10.21583/2447-4851.rbeo.2019.v6n1.152

The following have contributed to this page: Dr Pelayo Munhoz Olea