Desenvolvimento Sustentável nas Perspectivas Ambiental, Econômica e Social no Brasil

Munique Rech, Tiago Novaes, Eric Charles Henri Dorion, Pelayo Munhoz Olea
  • December 2017, Universidade Caixias do Sul
  • DOI: 10.18226/35353535.v6.2017.72

Desenvolvimento Sustentável nas Perspectivas Ambiental, Econômica e Social no Brasil

What is it about?

O desenvolvimento sustentável tem sido reiteradamente abordado no meio científico e disseminado por estudos da Organização das Nações Unidas (ONU). Inicialmente, a ONU tratou da sustentabilidade ambiental, visando a manutenção dos recursos ambientais para as futuras gerações. Após, inseriu o desenvolvimento econômico, abrangendo fatores como a redução da pobreza. Por fim, passou a tratar da sustentabilidade social, visando uma melhora na qualidade de vida da população. Este artigo teve como objetivo verificar a evolução dos indicadores das três perspectivas do desenvolvimento sustentável, a ambiental, econômica e social, no Brasil, de 1990 a 2015. Trata-se de uma pesquisa aplicada, com a metodologia quantitativa. Foram selecionadas três variáveis, a emissão de gás carbônico (CO2), o produto interno bruto (PIB) e o índice de desenvolvimento humano (IDH), cada uma delas representando uma perspectiva do desenvolvimento sustentável. Os dados foram obtidos no World Bank e no United Nations Development Programme (UNDP). Quanto à perspectiva ambiental, verificou-se a tendência ascendente da emissão de CO2, com um aumento de 177,86% no período analisado. No fator econômico, verificou-se oscilações na evolução percentual do PIB, com o pico de crescimento em 2010 e decréscimo em 2015. Na área social, verificou-se que o país apresentou um crescimento de 122,95% no período analisado.

Read Publication

http://dx.doi.org/10.18226/35353535.v6.2017.72

The following have contributed to this page: Dr Eric Charles Henri Dorion and Dr Pelayo Munhoz Olea